O Julgamento da Consciência

Tempo de leitura: 1 minuto

Para sermos pessoas de sucesso, advogados de sucesso é necessário tomar muito cuidado com nossos julgamentos, principalmente de nossa consciência.

Eu sou o André Luso, sou advogado, empreendedor e idealizador da Academia da Alta Performance, do blog Advogados de Sucesso e do programa Empreendedorismo Jurídico, onde ensino advogados a trabalharem sua carreira.

O pior julgamento é o julgamento da própria consciência.

andré luso e empreendedorismo jurídico

Por vezes as pessoas se esquecem de que ter problemas e dificuldades não é uma exclusividade delas!

Qualquer um, em algum momento da vida, pode estar fadado a sofrer algum drama, alguma dor ou uma dificuldade qualquer.

Todos têm seus motivos, todos têm uma história, todos têm um por quê!

Há sempre uma razão pela qual cada um é como é.

Porém, isso não dá o direito à ninguém de fazer o que bem entender com os sentimentos dos que com ela convive, afetando e prejudicando, com suas mazelas e desequilíbrios, aqueles que nada fizeram para serem maltratados ou desrespeitados nas suas emoções!

Ótima oportunidade de exercer a compaixão, pois não devemos julga-las com a dureza que não queremos fomentar para nós mesmos!

Nada pior para alguns do que ter no íntimo da alma a tristeza de ter errado e saber que machucou ou magoou alguém!

Podem até disfarçar, esconder ou simplesmente negar, mas no fundo da consciência sabem o que fizeram e provocaram!

Esse peso, em um determinado momento, mais cedo ou mais tarde, será seu maior e pior julgamento!

O julgamento da consciência!

Um abraço
André Luso.
Texto original: Gustavo carvalho